segunda-feira, 26 de abril de 2010

"1/2 IRON-MENA!"

Este já está!
Custou mas foi! Também... quem é que se lembra de ir para um Half-Ironman sem treinar???
07h40: Aquecimento para a natação - SALDO: 1 POLAR S725X Pro Tour Edition INUNDADO!
08h00: Natação - 1900mts; 40'15''
A habitual "artilharia pesada" vinda de todos os lados: pontapés, bofetadas, óculos quase arrancados por duas vezes, ainda por cima a embaciar... Felizmente o contornar da 1ª bóia trouxe alguma tranquilidade, não sem antes ter dado de barriga numa conduta subaquática adjacente ao Oceanário...
Aproximação à rampa de saída do segmento algo escorregadia, tive de nadar até bater com as mãos no chão para apanhar o tapete azul.
Ciclismo: 85kms, 2h53'44''
O zumbido das rodas de carbono atordoava-me... Não as minhas, claro! As bikes de contra-relógio que iam passando a todo o gás faziam a passerelle na avenida, acho que é uma manobra para distrair os adversários!
Mas até para ser dedo é preciso ter unhas... E quem não tem pernas, não precisa de uma bike de contra-relógio... E a minha modesta BH ainda "papou" uma ou outra...
Zero avarias, nenhum vento, uma subida a destoar, uma descida para alimentar e hidratar. Não chegou, 'tá mal, devia haver mais descidas, para tomarmos mais gel e bebermos mais líquidos! Paguei uma parcela da factura mais tarde.
Corrida: 21kms, 02h01
Eu que até gosto tanto de correr, e é sempre o segmento em que sofro mais... Normal?? Não sei... Acho que não. Houve falta de energia, que mesmo contrariada pela determinação em me alimentar e hidratar, não resultou como devia. Lição: não confiar em produtos que não conheço (marcas e sabores de gel e barras desconhecidos) fornecidos pela organização, e não depender destes! A intenção era não depender, mas os preciosos Powergel que enfiei no cinto do dorsal caíram todos! Depois do primeiro "amargo de boca" com o gel fornecido no abastecimento, passei a apanhar apenas metades de bananas, ainda por cima verdes, em ANO DO GLORIOSO!
TOTAL: 5h41'28'' + 1 Polar com peixinhos! + 1 LASANHA fenomenal para almoço/lanche/jantar, confeccionada e digerida na companhia da claque mais ruidosa, fantástica e insubstituível que algum triatleta pode ter!
Um grande BEM-HAJAM a todos os amigos que se deslocaram ao Parque das Nações, com sacrifício pessoal e familiar, tempo precioso de que abdicaram para incentivar uns "malucos" das corridas! Sem esquecer pessoas anónimas ou pessoas que não reconheci na altura e que me deram o seu forte aplauso e incentivo, as minhas desculpas se não agradeci ou se não as reconheci na altura! Além dos ausentes, mas PRESENTES em espírito...
LIMBURG226... Cá vamos nós!

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Kit... para Longo de Lisboa

A Expo anda artilhada de Prós é um facto mas o que me impressionou foi a "Pró" que vi entrar para o Casino de Lisboa, isso sim meus Amigos, é impressionante e requer muita atenção... tenham cuidado meninos, elas andem aí. Ora bem, assim por alto, ver atletas de nível Mundial a passear as suas máquinas de contra-relógio equipadas com raios Matias... corta o vento às fatias, capacetes aeroespaciais e vestes dos Irons mais cotados a nível Mundial, como por exemplo Hawaii e Roth, já não intimida porque independentemente do material que levas não te safas do empeno... garantido. Violento é estar às 05:30 a.m. na Expo, phonix... estou contigo Marco Fortes, de manhã só estou bem na caminha. Agora vou entrar em estágio e pensar em Lasanha...

Race-ready!

Tudo a postos para o Longo de Lisboa!
Secretariado efectuado ontem: dorsal, chip, touca, tudo certinho.
Ficámos impressionados com os Pros que rondavam a área do Parque das Nações, com as suas mochilas que patenteavam bem o curriculum de Irons e Half-irons que já fizeram por esse mundo fora.
Também se viam alguns "camones" de fato de neoprene na mão! Esses já tinham ido nadar na zona de prova, aberta a treinos. Embora lá também??
Mas o que mais impressionava eram algumas bicicletas que vimos: autênticas bombas em todos os sentidos - estética, preço e eficácia! Os "beefs" não facilitam: capacetes aero, de contra-relógio, e, não menos importante - depilação perfeita, para que nem um pêlo custe uma centésima de segundo que seja! Mas isso não é coisa que impressione o triatleta "tuga", que prima maioritariamente pela barba rija e farta penugem! Miúdas, não vimos...
O que vai doer é a alvorada amanhã às 04h da matina! E tomar o pequeno-almoço a essa hora da madrugada?? Uffa, triatleta sofre...
Vamos lá, até os "comemos"!

terça-feira, 20 de abril de 2010

DIETA CARBO-LOAD: Don’t try this at home!

Começou a época de carbo-load (mais conhecida por "fase da engorda") que antecede o Longo de Lisboa… 04h45: 1 copo de sumo de laranja natural (“sem gás”, é preciso que se note, no Ribatejo convém frisar…) + 1 iogurte + 1 café

07h45: 1 galão + 1 torrada 10h45: 1 maçã 12h20: 1 pão com chouriço

12h50: aula de RPM – 44min., 156 FC Méd, 180 FC Máx, 488Kcal , e meio-litro de água
13h50: 1 batido de proteína com leite 14h30: Arroz com salsichas de perú e milho
Lanche: ainda não sei… Jantar: Medalhões de pescada com camarão + “isotónica” Meio-Século estilo alentejano, enriquecida com polifenóis Não tentem fazer isto em casa… Arriscam-se a estragar a balança ou a contribuir para as estatísticas de obesidade do mundo moderno!

Gaio Rosário na estrada para Limburg226

Em dias de tempestade, nós é que somos os "MAUS MAUS".
Road To Limburg226 passou por Gaio Rosário... faça chuva ou sol.

Fractura exposta...

Cá está, já que estamos a falar de material de combate... eis o resultado da fadiga acumulada no porta-bidons que utilizei no último X-Terra. Mestre... mea culpa Mestre.

X-Material de combate à desidratação...

Era escusado ter concretizado esta compra recente, tivesse eu imaginado que a Primavera não visitaria Portugal nos próximos tempos... Ao que parece vamos ter um "Longo" borrifado pela chuva... Mas enfim, como a bola de cristal não colaborou, eis o material de combate à desidratação que adquiri para provas longas... E não digam que é para ter lugar para guardar os bidons que distribuem nessas provas... Posso sempre tirar a tampa e recolher água da chuva durante o percurso de ciclismo... X-AngelFish e X-Lab juntos ao ataque!

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Na tacinha...

Piscina privada sem cloro, frangos ao Kg... também quero. Para a próxima... é choco frito e mai nada. video Fotos do treino de "ciclismo-aquático" já a seguir...

domingo, 18 de abril de 2010

Treino de Natação

A tarde deste Sábado mereceu um bom treino de natação em águas abertas, na nossa linda "piscina" privada da Margem Sul: Enquanto isso, o Espanhol trocava a vida marinha e os windsurfers da nossa querida Lagoa de Albufeira, pelo cloro da piscina do Pinhal Novo, pfffff Além disso, recusou ajudar-nos na árdua tarefa de "limpar" 2 frangos com batatas fritas! A tradição já não é o que era... nem o frango, que desta vez não era da Guia e tinha um tamanho (e um preço) normal! Domingo, treino de ciclismo à chuva, em estágio para o Longo de Lisboa...

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Reportagem do X-Terra Portugal

A reportagem da etapa portuguesa do circuito mundial X-Terra . Locução do nosso amigo David Vaz.

XTERRA from pixbee on Vimeo.

Com estas imagens dá mesmo vontade de repetir! Para o ano estamos lá, dessa vez já com o Wolverine na equipa! ;-)

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Road to Limburg226... passa por Quarteira.

Como não temos fotos nossas da prova e como não me apetece usar as fotos da FTP... fiquem com o nosso video "Underground" para ilustrar um fim-de-semana à séria. video Nos intervalos da prova de Triatlo... também demos cabo de dois frangos inteiros e 160 kms de bike... assim só ao rolantim ao sabor do vento e com direito a "palhaça" em Vila Real de Santo António enquanto assistiamos ao Campeonato Nacional de Jet Ski. Dá-lhe gás Carlos...

segunda-feira, 12 de abril de 2010

X-TERRA PORTUGAL 2010

Duas vozes... uma prova, uma tendinite chata para caraças e duas costelas empenadas.
X-MEN... equipados com os seus fatos de poderes especiais e toucas amarelas. O "Wolverine", cortou-se à última da hora...
Gathering de X-Mens "toucas-amarelas" vs "toucas-vermelhas".
O outro lado da coisa.
X-Angelfish, sorrateiramente a sair da água e a preparar-se para o ataque à liderança enquanto me arrastava "inconsciente" para fora de água.
Transição algo "lenta" da X-AngelFish para o BTT, equipada a rigor com os seus hyper-mega-ultra sapatinhos brancos. Felizmente, tive a perfeita consciência de vestir a minha camisola branca ao contrário e assim anular qualquer vantagem da X-Angelfish.
BTT com algumas secções técnicas... com pedras e tudo. A X-AngelFish, uma vez mais no ataque à liderança numa das secções técnicas do percurso. Impressionante...
No final, a X-Angelfish resitiu a tudo, inclusivé rasteiras e travessias do deserto, lutámos juntos contras as "Forças Ocultas do Empeno" e saímos vitoriosos com 3h:49':32''. Muy bien...
Priceless...
Agora, o próximo "combate" é para a Taça.

terça-feira, 6 de abril de 2010

X-Terra Portugal: Uma prova a duas vozes!

Dou voz a mais uma grande experiência no nosso Caminho para Limburg: a participação no triatlo off-road da liga mundial X-Terra, que teve lugar na Figueira da Foz no passado Sábado, 03 de Abril! A prova trouxe a Portugal todos os "Pros" deste circuito na Europa, sendo uma oportunidade de qualificação para a final do Hawai para muitos deles, e também para muitos Agegroupers. O Parque de Transição emprestava um colorido muito bonito, belas imagens de BTTs todas alinhadas, dos equipamentos, o burburinho dos atletas a entrar e a sair, toda a preparação...

Marcaram presença os nossos "grandes" Bruno Pais, Lino Barruncho e entre as senhoras a Maria Areosa. E muito mais importantes que eles: "JE", o Espanhol, o Carlos Antunes, o Vasco Soares e a Filipa na claque! O dia não amanheceu muito simpático na Figueira... Chovera toda a noite. Durante a manhã, algum frio e raios de sol tímidos intercalavam com uns pingos de chuva. Mas todo o frenesim da preparação não deixava pensar no clima! Constou que a água da foz do Mondego, onde decorreria a natação, rondava os 14º, brrrrrrrrrrrr! Isso mesmo constatámos quando nos atirámos à água para um ligeiro "aquecimento", que foi mais arrefecimento, parecia que me espetavam facas na planta dos pés! O local também era atabalhoado para uma Partida, degraus dentro de água cheios de lodo escorregadio, que subitamente desapareciam e davam lugar a calhaus submersos. Todo o cuidado era pouco para não dar um pontapé numa pedra ou escorregar e bater com as costas nos degraus.

Soou a partida com os Pros e os mais afoitos já dentro de água sob a linha de partida, e muitos dos agegroupers ainda pelas escadas sem conseguir lá chegar abaixo. Foi um exercício de persistência nadar na água fria, pouco limpa, e sujeita a corrente, em 2 voltas que perfaziam 1500mts totais. A saída da água também tinha de ser cautelosa pelos mesmos motivos: posível escorregadela ou pontapé nos calhaus, com possibilidade de cãimbras devido ao esforço e frio. Curisamente, saí da água ao mesmo tempo que o Espanhol, que se debatia contra umas cãimbras, mas que é isso para um candidato a Ironman?? Força nas canetas para subir as escadas, semi-despir o fato e fazer transição para a BTT... e calçar MEIAS, sim MEIAS, pois esperava-nos uma corrida na areia da praia! O BTT era altimetricamente exigente, com troços técnicos, lama, valas abertas pela água e singletracks muito bonitos de descer. Os que eram a subir é que não tinham tanta graça! Muito empurrão... E os meus sapatinhos brancos de BTT acabaram castanhos! Na 2ª volta a minha pedaleira pequena fartou-se e resolveu boicotar sempre que eu dava uma pedalada em força numa subida. Lá tinha de apear... Foram 30 kms de puro e duro BTT, com 1560mts de acumulado, não exactamente como mostra a foto abaixo...

Transição para uma corrida de 10kms que foi uma mistura explosiva de pista de corta-mato, trail e maratona das areias! Os 4 ou 5 kms no areal da Figueira foram um autêntico massacre para as minhas pernas cansadas. Se não fosse o Espanhol a insistir em ficar comigo, acho que teria andado ao ritmo de um caracol do deserto! Cruzar a meta com o Espanhol, imporem-nos as medalhas de Finishers, recebermos o aplauso da Filipa e do Carlos (que tinha sido obrigado a desistir devido a uma avaria no BTT) foram as cerejas em cima do bolo de aniversário da Filipa, comido na véspera!

Para culminar, o meu escalão 40-44 deu-me supostamente direito a um slot na final do X-Terra que terá lugar no Hawai em Outubro deste ano... E agora?? HELP!!!!! Ou devo dizer ALOHA??